quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Existe vantagem de operar paciente mitral antes do desenvolvimento de insuficiência cardíaca



- Estudo retrospectivo americano envolvendo 21138 pacientes acima de 65 anos com avaliação de 5 anos
- 33% de plastia mitral
- IC estava presente em 61% dos pacientes
- Taxa de readmissão em 30 dias foi de 24.9% e em 5 anos de 78%
- A readmissao por IC foi três vezes mais frequentes no grupo de plastia e 2 vezes no gurpo de troca, para pacientes que tinham IC antes da cirurgia
- O encaminhamento do doente mitral para cirurgia antes do desenvolvimento da IC pode reduzir taxa de readmissao


As taxas de readmissão sao um indicador de qualidade para o tratamento da insuficiência cardíaca (IC). Foram analisadas as taxas de readmissão de pacientes com IC após a plastia da valva mitral (PVM) e substituição (TVM). 
METODO
Foram incluídos 21.138 pacientes acima de 65 anos beneficiários do Medicare( sistema de saude americano) que sofreram intervencao isolada na valva mitral,  sendo PVM primária (n = 6896) ou TVM(n = 14.242) de 2000 a 2004. As taxas de readmissão foram identificados por meio do registro Medpar durante 5 anos de follow-up. A incidencia de readmissao foi analisada e estratificada conforme presenca ou ausencia de ICC.
RESULTADO 
A IC estava presente em 61,0% dos pacientes. Taxas de readmissão por todas as causas foram de 24,9% em 30 dias e 78,0% em 5 anos. A incidência cumulativa de readmissão por IC permaneceu quase três vezes maior em pacientes com IC pré-operatório no grupo de PVM (2,1% vs 5,9% em 30 dias e 10,3% vs 26,3% em cinco anos) e 2 vezes mais elevada para TVM (3,6% versus 7,4% em 30 dias e 15,8% vs 30,4% em 5 anos). Independentemente do tipo de procedimento, os pacientes sem IC pré-operatório tiveram taxas de readmissao significativamente mais baixas (3,0% vs 7,0% nos primeiros 30 dias e 13,6% vs 29,2% após 5 anos) (p = 0,0001). 
CONCLUSÃO:
Reinternação hospitalar após a cirurgia mitral é alta. Insuficiência cardíaca pré-operatória está associada a taxas de readmissão elevada no pós-operatório. A hospitalização por insuficiência cardíaca é responsável por uma parcela significativa das readmissões. O acompanhamento de pacientes com doença valvar mitral conhecida e encaminhamento para a cirurgia antes do desenvolvimento de insuficiência cardíaca pode diminuir readmissao pós-operatória.

Heart Failure Readmission After Mitral Valve Repair and Replacement: Five-Year Follow-Up in the Medicare Population

DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.athoracsur.2014.07.040

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário: